Na manhã deste domingo (02), o Flamengo acabou derrotado pelo Ceará por 1×0 no Maracanã. O gol do adversário saiu no fim da partida, em chute de fora da área de Leandro Carvalho. Com o resultado, a equipe permanece na terceira posição com 41 pontos.

Pressão, mas sem gols

O Flamengo começou o jogo pressionando o Ceará no campo de defesa. Com muito ímpeto e intensidade, Diego, Paquetá, Marlos e Everton Ribeiro ditavam o ritmo em busca dos espaços e oportunidades. Empolgada, a Nação jogava junto.

O jogo fluiu. O adversário encolheu. Diego abriu o placar, mas teve o gol incorretamente anulado. Após cobrança de escanteio e desvio, o camisa 10 estava na mesma linha do defensor adversário antes de completar.

Diego também carimbaria a trave em cobrança de escanteio. Réver, em grande jogada individual, driblou o zagueiro, bateu de longe e obrigou o goleiro a enorme defesa. Até os 25 minutos, só Mengão.

Com o decorrer do primeiro tempo, o Ceará buscou contra-atacar e chegou a levar perigo a Diego Alves. Já o rubro-negro cadenciou mais o jogo, mas passou a encontrar menos espaços. O empate parcial persistiu.

Imponderável

O ritmo do jogo na retomada seguiu o mesmo: Flamengo atrás do gol inaugural e o Ceará cada vez mais recuado. Sofrendo com a falta de espaços, o Rubro-Negro buscava tabelas e roubadas de bola para pegar o adversário desprevenido. Além disso, Barbieri promoveu aos 15 minutos Vitinho e Lincoln no time, nas vagas de Dourado e Marlos.

O Mengão insistia. Aos 25, Lucas Paquetá finalizou de cabeça e o goleiro, vendido, viu a bola passar muito perto. Os 61.277 presentes, público recorde do Brasileirão, empurravam o time.

Mas, o futebol tem, muitas vezes, o imponderável. Em bola de fora da área, Leandro Carvalho marcou o gol do Ceará e deu números finais ao jogo aos 40 minutos.

E agora?

O próximo compromisso do Flamengo será na quarta-feira, 21:45. O adversário será o Internacional, no Beira-Rio. No fim de semana, o Rubro-Negro recebe a Chapecoense no Maracanã (sábado, 21h).