O atacante Pedro, do Fluminense, de 21 anos, não joga mais futebol em 2018. O jogador vai operar o joelho direito nos próximos dias, após a lesão parcial (estiramento) no ligamento cruzado anterior e o tratamento conservador, o atacante foi reavaliado há alguns dias e ficou constatada a necessidade da cirurgia.

 

Com a nova avaliação, o prazo de recuperação aumentou e agora é de cerca de seis meses. Pedro deve ser operado pelo médico do Atlético-MG e da Seleção, Rodrigo Lasmar.

Pedro, do Fluminense, não joga mais este ano - Foto: Mailon Santana/Fluminense FC
Pedro, do Fluminense, não joga mais este ano – Foto: Mailon Santana/Fluminense FC

Em uma coletiva de imprensa o Fluminense através de Paulo Angioni diretor executivo de futebol, e Michael Simoni, diretor de saúde do clube, em um vídeo, revelou os detalhes da operação.

Após a atualização do boletim médico do atacante Pedro, na manhã desta terça-feira pelo Diretor de Saúde do clube, Michael Simoni, o Fluminense recebeu a imprensa no CTPA para uma coletiva. Paulo Angioni, Diretor Executivo de Futebol, analisou o momento do camisa 9 Tricolor.

– Estou aqui em uma situação ingrata para comunicar a situação do atleta Pedro. Depois das avaliações feitas, chegou-se à conclusão de que ele precisa passar por uma cirurgia. Para mim, isso é extremamente delicado. Ele é um jogador jovem e promissor, mas a vida reserva essas facetas e temos que conviver com elas – destacou Angioni, comentando a atualização médica.

– Não sou a pessoa indicada para falar sobre isso de forma clínica, mas o doutor Douglas Santos teve uma emergência de cirurgia e não pode estar presente. O doutor Michael Simoni gravou um vídeo explicando a situação do atacante, onde todos os procedimentos foram feitos de forma direta e transparente – explicou. O Diretor Executivo também falou sobre a realização da cirurgia.

– Todo o apoio será dado por parte do clube e tudo será disponibilizado para melhor atender o jogador. Ele tem o direito de fazer a escolha e caso não seja no Departamento Médico do Fluminense, será acatado sem nenhum constrangimento. Conforme o doutor Michael falou nos esclarecimentos, no transcurso dos dias, isso será decidido – concluiu.