O América-MG venceu o Bahia por 1 a 0 na noite deste domingo (25), pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Independência, e chega à última partida da competição com chance de permanecer na elite do futebol nacional. Juninho marcou o único gol da partida.

Com o resultado, o Coelho fica na 17ª colocação do torneio nacional, com 40 pontos, um a menos que a Chapecoense, 17ª. O Bahia, já garantido na Copa Sul-Americana 2019, é o 11º, com 47.

Na 38ª rodada do Brasileirão, os mineiros enfrentarão o Fluminense no Rio de Janeiro. O jogo pode ajudar a equipe a se salvar do rebaixamento. Os baianos jogarão contra o Cruzeiro em Salvador.

O Bahia criou boas chances de balançar a rede de João Ricardo no Independência. Porém, vacilou na pontaria e acabou derrotado pelo América-MG. Com 52% de posse de bola, os comandados de Enderson Moreira finalizaram 12 vezes contra a meta de João Ricardo, dois na direção do gol, nove para fora. O outro chute foi bloqueado pela marcação.

Contratado para as cinco rodadas finais do Campeonato Brasileiro, Givanildo Oliveira disputou dois jogos na Arena Independência. O treinador venceu o Santos por 2-1 e, agora, bateu o Bahia por 1-0. Com os resultados, ele garante 100% de aproveitamento sob a sua batuta no Horto. Em contrapartida, a equipe precisa regular fora de casa. Nos dois jogos que fez longe de Belo Horizonte, sofreu duas derrotas.

O América precisa de um tropeço (empate ou derrota) do Sport, nesta segunda-feira (26), diante do São Paulo, para garantir a manutenção na Série A do Brasileirão. Se o time do Recife não vencer o Tricolor Paulista, o Coelho necessita de um triunfo sobre o Flu, na última rodada do torneio, para assegurar a manutenção entre os 20 melhores clubes do país.

AMÉRICA-MG

João Ricardo; Norberto (Aderlan), Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Zé Ricardo, Juninho, Matheusinho (Paulão) e Luan; Marquinhos (França) e Rafael Moura.
T.: Givanildo Oliveira.

BAHIA

Douglas Friedrich; Bruno, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Zé Rafael e Ramires (Vinícius); Clayton (Gilberto) e Edigar Junio (Júnior Brumado).
T.: Enderson Moreira.

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartão amarelo: Norberto, João Ricardo (América-MG); Tiago, Gregore (Bahia)
Cartão vermelho: Tiago – 41’/2ºT (Bahia)
Gol: Juninho (América-MG), aos 2 minutos do segundo tempo.