O Santos tenta manter em sigilo as negociações com o técnico Abel Braga, pois aguarda a despedida do técnico Cuca no próximo domingo, após o duelo contra o Sport, na Ilha do Retiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, para expor de vez o seu interesse no ex-treinador do Fluminense. No entanto, a diretoria santista marcou reunião com Abel para esta quarta-feira, em São Paulo.

O clube paulista está empolgado e espera ouvir uma posição positiva de Abel. O objetivo da cúpula alvinegra, aliás, é fechar com Abelão nesta semana e realizar o anúncio oficial somente após o dia 3 de dezembro, quando já terá encerrada a participação de Cuca no comando do Santos.

Abel Braga viajou ao Uruguai por causa de compromissos pessoais na semana passada, mas já retornou ao Brasil. A assessoria de Abel confirma que o treinador já voltou de viagem e está no Rio de Janeiro, mas não foi informada sobre a reunião com a diretoria do Santos em São Paulo.

O Santos não possui outro nome para substituir Cuca, que anunciou que deixará o clube pois terá que passar por cirurgia no coração antes da “virada do ano”.

O Santos ofereceu R$ 780 mil mensais para o treinador assumir o time no lugar de Cuca, que anunciou que dará um tempo com o futebol para operar o coração.

O montante é uma espécie de “pacote” que inclui Abel e mais dois profissionais: o auxiliar técnico Leomir de Souza e o preparador físico Manoel Santos. O treinador gostou da proposta, mas está no Uruguai, em compromissos pessoais, e prometeu responder até a próxima semana.

OTIMISMO

A diretoria santista também ficou satisfeita com o valor e considerou o “pacote” de Abel Braga bem mais barato do que o de Cuca. Os dirigentes estão confiantes que o ex-treinador do Fluminense aceitará o convite para treinar o Santos.

Eles, inclusive, sentiram Abel bastante animado para comandar o alvinegro praiano em conversa por telefone na semana passada. A amizade do treinador com o presidente Peres, além da admiração pela história do Santos, são os fatores positivos para que o clube paulista vença possíveis concorrentes no mercado.

Na conversa por telefone, Abel falou dos jogos do passado do Santos, sobre Pelé, Ramos Delgado e companhia. O papo foi bastante descontraído e causou ótima impressão entre os dirigentes santistas.

COMISSÃO DE CUCA

Apesar de o “pacote” de Abel Braga incluir dois profissionais, a reportagem apurou que o possível novo treinador do Santos ficará com parte da comissão técnica de Cuca. O auxiliar Eudes Pedro e dois analistas de desempenho devem permanecer sob o comando de Abel. Eles ajudarão na transição caso Abelão aceite a proposta santista.

Cuquinha, irmão e auxiliar de Cuca, e o preparador físico, Carlinhos Neves, deixarão o clube paulista após o término do Campeonato Brasileiro. Isso porque Abel não abre mão de trabalhar com o auxiliar Leomir de Souza e o preparador físico Manoel Santos.

Já Marquinhos Lopes, preparador físico que sempre acompanha Abel, não deve ser incluído no “pacote”, pois o Santos já conta com dois preparadores de goleiros fixos e de confiança: Arzul e Juninho.