domingo, 26 de maio de 2019 6:3600

Paolo Guerrero sobre sua punição por doping: “Nunca menti”

Segundo dois ex-funcionários do hotel, Guerrero teria sido vítima acidental de uma "contaminação cruzada"

- Publicidade -

O atacante peruano do Inter de Porto Alegre, Paolo Guerrero, reafirmou sua inocência no caso de doping que provocou sua suspensão de 14 meses após a revelação de que teria sido vítima acidental de uma “contaminação cruzada” com um chá de coca em um hotel de Lima onde a seleção do Peru ficou hospedada em 2017.

“Eu sempre agi com a verdade, nunca menti. Não sei por que não acreditaram apesar de eu ter apresentado provas” para a Fifa, declarou Guerrero na noite de domingo no programa ‘Cuarto Poder’ da rede América Televisión.

Segundo dois ex-funcionários do hotel, Guerrero teria sido vítima acidental de uma “contaminação cruzada” com chá de coca, a folha de uma planta cultivada nos Andes do Peru e da Bolívia, e matéria-prima da cocaína.

“A água (do chá) já veio contaminada diretamente, então eu não tive nenhuma culpa. O TAS (Tribunal de Arbitragem Desportivo) me culpa dizendo que eu fui negligente, que precisei comprovar que era um chá e não um mate de coca”, disse o atacante.

O hotel “impediu que esta verdade se tornasse conhecida e foi mentindo e ameaçando seus funcionários”, acrescentou Guerrero em Buenos Aires, onde está com o Inter, para enfrentar na terça o River Plate pela Copa Libertadores.

O caso veio à tona em 2017 durante as eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia de 2018, mas o Swissotel de Lima negou as versões de seus ex-funcionários, garantindo em um comunicado que eles “buscam prejudicar a reputação” do estabelecimento e que divulgou “informação verdadeira e oportuna a todas as entidades” que a pediram.

Habilitado pela Justiça suíça para disputar o Mundial-2018, Guerrero, de 35 anos, precisou cumprir o resto da suspensão imposta pelo TAS após a Copa na Rússia, após testar positivo para um metabólito da cocaína depois de um jogo entre Peru e Argentina, no dia 5 de outubro de 2017 em Buenos Aires, pela eliminatória sul-americana.

“O dano psicológico e moral não tem preço”, disse o maior artilheiro da seleção peruano com 35 gols.

– As revelações –

Em outro programa dominical, os ex-funcionários Luis Escate e Anthony Obando disseram que Guerrero foi “contaminado acidentalmente” ao consumir um chá de limão, porque o hotel não cumpriu os protocolos de limpeza da louça.

Após os depoimentos dos dois ex-funcionários, a promotoria disse no Twitter que “analisará imediatamente (a possibilidade de) abrir uma nova investigação dos fatos”.

Além disso, o advogado de Guerrero, Fernando Silva, disse que vai abrir um processo civil por danos e prejuízos contra o hotel.

Mas o advogado do Swissotel, Enrique Ghersi, insistiu que o estabelecimento não tem responsabilidade no caso de Guerrero. 

“Não temos nada a ocultar, lamentamos profundamente que tenham havido idas e vindas, versões contraditórias e, em nossa concepção, lamentavelmente inexatas dos fatos”, disse Ghersi.

O ‘Depredador’ Guerrero entrou com uma ação em julho de 2018 contra o hotel pelos crimes de “violação do segredo profissional e falsidade ideológica”, causa que segue tramitando na justiça peruana

Últimas Notícias

Reforços do Vasco da Gama: Lucas Piazon comenta possibilidade de jogar no clube: “Muito Interessante”

""O Vasco é um de time muito grande, de muita história. Para um jogador brasileiro jogar no Vasco é muito interessante", disse o jogador.

Bahia x Fluminense – Confira prováveis escalações e onde assistir

Após o duelo com o Bahia, o Fluminense não retorna ao Rio de Janeir

Flamengo x Athletico-PR – Confira prováveis escalações e onde assistir

Mais Querido volta a atuar no Rio de Janeiro depois de dois jogos fora

Bayern de Munique vence Leipzig e conquista Copa da Alemanha

James Rodríguez, cuja continuidade na equipe é uma dúvida, foi um dos descartados na última hora e não foi escalado para a final

Sporting vence Porto nos pênaltis e conquista a Copa de Portugal

Para o Porto, a temporada terminou sem títulos, após perder as finais de copas para o Sporting, enquanto que o campeoanto português foi vencido pelo Benfica

Valencia derrota o Barcelona por 2 a 1 e conquista a Copa do Rei

Após o apito final, os jogadores e a torcida puderam enfim comemorar o fim de um jejum que já durava uma década.

Botafogo perde para o Palmeiras por 1 x 0, veja o gol

Fogão perde jogo em Brasília e segue com 9 pontos no Brasileirão

Neymar Jr se apresenta para a Copa América no Brasil

Atacante se apresentou para a preparação da Seleção Brasileira antes mesmo da data prevista: 'Foco total aqui. Estou 100%'